Jesus: Maçom?

Será que Jesus foi um Maçom? José Castellani explica.
Por J.Castellani

A imaginação
Emanuel foi o nome dado a Jesus ao vir ao mundo. Era um menino possuidor de alta inteligência, Q.I. bastante alto. Na ordem maçônica dos essênios só era permitido iniciar candidatos com idade mínima de dezessete anos: Emanuel, com doze anos de idade, procurou ingressar na Ordem Maçônica, mas como não era permitida Iniciação com aquela idade, os padres essênios levaram-no para educa-lo numa escola na Alexandria. Quando completou dezessete anos, Emanuel foi iniciado na Ordem Maçônica dos essênios. Os Maçons receberam nomes simbólicos em suas Iniciações, Elevações e Exaltações a depender do Ritual utilizado pela Loja. Emanuel, em sua Iniciação, recebeu o nome simbólico de Jesus que quer dizer JUSTO, e na Exaltação recebeu o nome simbólico de CRISTO, que significa PERFEITO. Até a idade de dezessete anos só era conhecido pelo seu nome profano, Emanuel. A Exaltação de Jesus ou seu ingresso no terceiro Grau, da Ordem Maçônica dos essênios ocorreu no dia vinte e cinco de dezembro do ano trinta. Os Reis Magos também eram maçons. Os seus nomes simbólicos eram: Gaspar, Melchior e Baltazar. Gaspar era Rei da Índia, Melchior, Rei do Egito, Baltazar, Rei da Babilônia. Eles estiveram presentes às solenidades de Exaltação de Emanuel. Emanuel nasceu em vinte e três de dezembro do ano um. Os Reis Magos não estiveram presentes no nascimento de Emanuel e sim em sua Exaltação na Ordem Maçônica. Jesus foi um grande maçom. Tudo foi tão JUSTO E PERFEITO com Jesus Cristo, que tornou-se muito mais conhecido na história da humanidade pelos seus nomes simbólicos --- Jesus, Cristo --- do que pelo seu nome profano, Emanuel. A Iniciação na Maçonaria dá-se no primeiro Grau, a Elevação no segundo Grau e a Exaltação no terceiro Grau. Já sabemos que no primeiro Grau, Emanuel recebeu o nome simbólico de Jesus e de Cristo no terceiro. O segundo Grau era também conhecido como o Grau de profeta. Nesse Grau Jesus recebeu o nome simbólico de Issa. (os grifos são meus)

*

Jesus foi nosso Irmão, iniciado numa Loja essênia


* *

O primeiro texto está inserido no certificado de presença de uma Loja brasileira, sem que conste o nome de qualquer autor, ou bibliografia. O segundo texto fez parte de uma palestra feita por um antigo maçom. Asas à imaginação!

* * *

A realidade histórica

Dificilmente são vistas tantas informações sem qualquer compromisso com a verdade histórica, que vive apenas de fatos e não de especulações. Alguns tópicos merecem uma análise mais profunda:
1. Emanuel foi o nome dado a Jesus ao vir ao mundo. Era um menino possuidor de alta inteligência. Q.I. bastante alto.
Comentário:
Inicialmente, cabe perguntar como é que se media o Q.I. há 2000 anos, já que essa prática é recente, do século XX. Em segundo lugar, é necessário esclarecer que Emanuel --- que, realmente, significa Deus conosco--- foi o título pelo qual o profeta Isaías chamou o Messias que viria, como se pode constatar em Isaías, 7 14 e em 8-8 e em Mateus 1 23:
O nome do Messias, na realidade, era mesmo Jesus, forma latina da palavra hebraica Ieshua, que significa Salvador. E existiram, na História hebraica, outros homens com esse nome: um Jesus, sumo sacerdote, depois do exílio na Babilônia (538 a.C.); um Jesus, chamado o Justo, louvado por Saulo (S. Paulo) como auxiliar no reino de Deus: e um Jesus, filho de Sirac, autor do Eclesiastes.

2. Na ordem maçônica dos essênios só era permitido iniciar candidatos com idade mínima de dezessete anos; Emanuel, com doze anos, procurou ingressar na Ordem Maçônica, mas como não era permitida iniciação naquela idade, os padres essênios levaram-no para educa-lo numa escola de Alexandria: quando completou dezessete anos, Emanuel foi iniciado na Ordem Maçônica dos essênios.
Comentário:
A maçonaria, mesmo que os místicos fantasistas e sem base histórica desejem o contrário, é uma ordem que surgiu na Idade Média. Não havia, portanto, maçonaria no início do Universo, na Pré-História, no Parque dos Dinossauros, no Paraíso, ou no início da era atual. Falar, portanto, em ordem maçônica dos essênios, é absoluta heresia histórica. Além de tudo, os essênios foram bem conhecidos, historicamente, graças a Flávio Josefo e Filon, historiadores contemporâneos de Jesus, os quais nos dão conta de que eles --- que nem são citados no Evangelho--- formavam uma comunidade de homens e mulheres, que levavam uma vida austera, praticavam o celibato e tinham os seus bens em comum. Nada, historicamente, autoriza a afirmação de que eles possuíam ritos iniciáticos para a sua seita, simplesmente contemplativa, e muito menos de que havia uma idade mínima --- 17 anos --- para a iniciação. De onde foi tirado isso? Existe, sim, a iniciação religiosa do menino e da menina judia --- o bar-mitsvá e o bat-mitsvá, respectivamente --- aos 13 anos de idade.
Os hebreus e --- a partir do exílio na Babilônia --- judeus, tinham de maneira geral, os seus sacerdotes, da tribo dos Levitas, os quais oficiavam os serviços do templo de Jerusalém. Mas os essênios, que não participavam dos serviços litúrgicos do templo, não possuíam sacerdotes (muito menos padres, que são sacerdotes católicos), segundo os historiadores, já citados, da época.
A afirmação de que Jesus foi levado, para ser educado numa escola de Alexandria, é altamente temerária, por incidir em improbabilidades. Em primeiro lugar, Alexandria foi fundada pelo macedônio Alexandre Magno, em 332 a.C., no Mediterrâneo, a 206 quilômetros do Cairo, e disputava, com Roma, o título de maior cidade do mundo, sendo um grande centro da cultura grega. Mas a Judéia era província romana, o que tornava, portanto, muito mais lógico e racional que alguém, de lá saindo, fosse estudar em Roma e não na Alexandria grega.
Em segundo lugar, muitos levantam dúvidas sobre a existência real de Jesus, que teria nascido no ano 749 de Roma, ou ano 4 antes da era atual. Porém, a sua existência histórica é amplamente aceita pela comunidade científica, por comparação do contexto político, religioso e social de sua vida com os documentos e as informações arqueológicas. Embora Flávio Josefo e os historiadores romanos Tácito e Suetônio não o mencionem, suas descrições dos locais, dos costumes e das pessoas da época confirmam os dados dos evangelhos, escritos por contemporâneos de Jesus. Existe, todavia, uma fase oculta em sua vida, a qual não é abordada nem por esses contemporâneos, por ser absolutamente desconhecida. Seu nascimento e infância são descritos nos evangelhos, principalmente no de Lucas, terminando no regresso da família a Nazaré, depois da fuga para o Egito. O período da vida oculta de Jesus compreende os anos passados em Nazaré, após o retorno do Egito, e, dele, os evangelistas apenas abordam o episódio da peregrinação a Jerusalém --- ao templo --- quando ele tinhadoze anos de idade. Depois disso, só há registro de sua vida pública, cerca de vinte anos depois, quando ele iniciou a sua pregação e a divulgação de suas idéias, como se pode ver no Evangelho segundo Mateus.
É exatamente esse período, por não ter nenhum relato --- por isso é chamado de vida oculta --- que é altamente explorado pelos fantasistas, cujas elucubrações não têm nenhum compromisso com a realidade. Assim, segundo alguns, Jesus teria estado no Tibete; ou, segundo outros, na Índia, onde, entre budistas, teria o nome de Jesse; ou, ainda, no Egito, ou......, ou......... . e até numa escola em Alexandria e na ordem maçônica dos essênios!!!

3. Emanuel, em sua iniciação, recebeu o nome simbólico de Jesus, que quer dizer Justo, e, na Exaltação, recebeu o nome simbólico de Cristo, que quer dizer Perfeito.
Comentário:
Como já foi visto, Ieshua (Jesus) significa Salvador, ou Deus é o seu auxílio. Existiu um outro Jesus, que foi cognominado o Justo --- não que o nome significasse Justo --- mas não se devem misturar alhos com bugalhos.Já a palavra Cristo é originária do grego Khristos, que é a tradução do termo hebraico Meshiakh, que significa Messias, ou Ungido. Não tem nada de justo e Perfeito. Parece que o texto do certificado quer ligar Jesus a essa expressão, que era típica dos canteiros --- operários que esquadrejavam a pedra de cantaria --- medievais e que chegou à moderna maçonaria. Entre os canteiros, um Zelador, ou Vigilante, media a horizontalidade da pedra, com o nível, enquanto o outro media a sua verticalidade com o prumo, anunciando, depois, ao proprietário (ou o master): tudo está justo e perfeito; isso era feito no início e no fim dos trabalhos, para surpreender possíveis sabotagens do trabalho, coisa comum, diante da rivalidade das organizações profissionais de canteiros, que eram muito requisitados e considerados, jáque, da perfeita forma cúbica das pedras, dependia a estabilidade das construções.

4. A exaltação de Jesus, ou seu ingresso no terceiro grau, da Ordem maçônica dos essênios ocorreu no dia 25 de dezembro do ano trinta.
Comentário:
Alguém deve ter visto a ata dessa sessão de Exaltação!
E por que falar de ano trinta, se o calendário atual estava longe de ser inventado? Por que não 3791 da era hebraica, já que os essênios eram judeus, como Jesus?
Fantasia, imaginação e mistificação! Seria bom que o desconhecido redator do texto conhecesse um pouco da História maçônica, para saber que o terceiro grau só foi introduzido no século XVIII e o segundo, no século XVII. E para saber que só se afirma alguma coisa à luz de documentos, ou de bibliografia fidedigna e não sonhando. Seria interessante conhecer, também, a situação político-religiosa da época de Jesus:
Desde a reconstrução do templo de Jerusalém, após o exílio na Babilônia --- 586 a 538 a.C. --- por Zorobabel, a vida religiosa em torno dele sempre foi muito intensa e vibrante, com a finalidade de preservar a pureza e a autenticidade das tradições hebraicas, constantemente ameaçadas pelos invasores. Existiam, todavia divergências teológicas e rivalidades políticas, que iriam originar três seitas, ou, na realidade, verdadeiros partidos de política religiosa: a dos saduceus, a dos fariseus e a dos essênios.
Os saduceus compunham o partido sacerdotal e dos poderosos, baseando toda a sua atividade na fidelidade intransigente aos texto da Torá --- os cinco primeiros livros bíblicos : Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio --- e lutando pela supremacia do povo eleito e pela grandeza espiritual do templo. Para os saduceus, somente as disposições legais e as crenças explícitas na Torá é que determinavam o rumo da fé de Israel. Daía sua extrema severidade nas leis penais e o fato de não aceitarem interpretações e especulações sobre o texto da lei, que teria sido recebida por Moisés, no monte Horeb, no Sinai. Por isso, eram adversários dos fariseus, que defendiam princípios não formulados, explicitamente, na Torá. Aferrados ao templo, os saduceus desapareceriam junto com ele, quando da destruição de Jerusalém, no ano 70 da era atual (3830 da era hebraica), pelas tropas romanas do imperador Tito, no dia 9 do mês av.
Os fariseus (do hebraico: perushin = separados), cuja importância havia crescido a partir do século II a.C., admitiam, além da tradição escrita da Torá, uma extensa tradição oral, que, segundo eles, autorizava, aos doutores da Lei, a interpretação do texto e a adaptação dele às diversas circunstâncias concretas da História. Compondo uma ordem religiosa, contemplativa e docente, os fariseus definiram as estruturas básicas do judaísmo, as quais iriam ser, em larga escala, absorvidas pelo cristianismo: a justiça de Deus e a liberdade do homem; a imortalidade pessoal: o julgamento após a morte; o paraíso, o purgatório e o inferno; a ressurreição dos mortos; o reinado de glória. Tais conceitos doutrinários seriam levados, ao cristianismo, por Saulo --- canonizado como São Paulo --- que se proclamava fariseu, filho de fariseus.
No primeiro século antes da era cristã, o movimento farisaico dividia-se em duas facções rivais: a de Shamai, rigorosa e intransigente na interpretação da Torá--- a ala extremista dos zelotes, que inspirou a revolta contra Roma era dessa facção --- e a de Hilel, o Velho, mais moderada. Quando o templo foi definitivamente destruído, foi a corrente de Hilel que manteve a unidade doutrinária do farisaísmo e que, por meio dele, proporcionou a sobrevivência do judaísmo. Com o conhecimento, que se possui, sobre a doutrina farisaica e sobre o aproveitamento desta pela Igreja, não se compreende o grosseiro conceito que se faz dos fariseus, o juízo pejorativo, geralmente injusto e que não considera a função fundamental que eles exerceram na vida religiosa judaica e, por extensão, na de toda a humanidade, através do aproveitamento de sua doutrina por outras religiões. O conceito pejorativo, que deles se faz, deve-se, fundamentalmente, à interpretação clerical dos Evangelhos, a qual os rotula como fanáticos e hipócritas, em geral, embora fanáticos e hipócritas existam em qualquer grupo religioso, ou seita.
Os essênios, embora sua atividade fosse descrita por Flávio Josefo e Filon, tornaram-se mais conhecidos a partir da descoberta dos manuscritos de Cumrán, ou manuscritos do Mar Morto. Eles formavam comunidades que praticavam um monaquismo, através do qual homens e mulheres, provindos de diversas regiões de Israel, agrupavam-se, para uma vida consagrada ao ideal de uma vida religiosa de isolamento, contemplação e silêncio. O ingresso na comunidade implicava o voto de viver, de acordo com os preceitos da Torá, uma existência de oração, pobreza, obediência e pureza, através da submissão à vontade de Deus. Isolados e quase enquistados, não participavam das atividades do templo, tendo pouca influência na vida religiosa judaica, embora alguns de seus hábitos, exclusivamente religiosos, tivessem sido aproveitados, chegando até àIgreja : preces e estudos em comum, preparando a alma para a eternidade; ressurreição dos mortos; purificação pela água; e a comunhão da confraria no vinho e no pão consagrados, origem da eucaristia. A comunidade dos essênios também iria desaparecer com a derrocada nacional, após a destruição de Jerusalém e do terceiro templo.

5. Emanuel nasceu a 23 de dezembro do ano um.
Comentário:
Eureka! Fez-se a luz! Ninguém, até hoje, sabia a data exata do nascimento de Jesus, nem mesmo os mais profundos estudiosos da História e da Arqueologia. Agora já se sabe, graças à sábia informação contida nesse folheto!
Sabe-se --- ou seria melhor dizer sabia-se? --- que a data de 25 de dezembro, para o nascimento de Jesus, é completamente fictícia e foi baseada no mitraismo persa, adotado pelos romanos. Como a noite de 24 para 25 de dezembro é a mais longa --- e, geralmente, a mais fria --- do ano, no hemisfério Norte, os adoradores do deus Mitra (o Sol), realizavam uma cerimônia , Natalis Invicti Solis(Nascimento do Sol Vitorioso), onde, durante a longa e fria noite, eram realizados cultos propiciatórios, pela volta da luz do Sol e do calor. O cristianismo, aproveitando essa cerimônia mitraica e assimilando Jesus àluz do mundo, fixou essa data, como se fosse a do nascimento de Jesus, já que não se sabe nem o dia e nem o ano em que isso ocorreu. Ou melhor, não se sabia!!!!

6. Gaspar era rei da Índia; Melchior, rei do Egito; Baltazar, rei da Babilônia.
Comentário:
Nada prova que os três personagens eram, realmente, reis, embora sejam tidos, popularmente, como tal. As Escrituras, em momento algum, fornecem informações suficientes para que se possa estabelecer qual é o país de cada um, destacando, apenas, que eram do Oriente. Até o número dos reis magos é motivo de controvérsia, pois já se falou em 3, 4, 5, 6 e até 12! O número de três se deveu à tradição, segundo a qual eles seapresentavam como representantes das três raças: branca, negra e amarela.
Os nomes pelos quais ficaram conhecidos também são duvidosos, pois resultam de uma tradição tardia e não da época em que os fatos teriam acontecido. E é mais provável que tais personagens fossem meros viajantes, com conhecimentos de ciências naturais e de astrologia. Quem disse que eles eram, respectivamente, reis da Índia, do Egito e da Babilônia? Da Babilônia, seria impossível! Depois do domínio persa, iniciado com Ciro, o Grande, em 539 a.C., a Babilônia conheceu o período helenístico, quando entrou em decadência, desaparecendo antes do início da era cristã. O termo babilôniasurge, no Novo Testamento, apenas de forma metafórica, para designar a Roma pagã, ou o próprio mundo. Como Baltazar poderia ser rei de um Estado desaparecido? E como Melchior poderia ser rei do Egito, se o Egito, desde 30 a.C., era província romana? E nem se fale da Índia, que, na época, estava tão dividida, que nem se poderia falar em um governo único. Conclusão: invenção!

7. O segundo grau era também conhecido como o grau de profeta. Nesse grau, Jesus recebeu o nome simbólico de Issa.
Comentário:
Abstraindo essa história fantástica de segundo grau, sem qualquer comprovação --- o segundo grau, na maçonaria, surgiria no final do século XVII --- a própria explicação sobre esse nome, a mais aceita, é, também, mera especulação: Issa teria sido o nome de Jesus, quando de sua permanência nos claustros do Tibete. Isso, obviamente, é mera suposição, embora Raul Silva, um místico sem bagagem histórica, em seu antigo livro Maçonaria Simbólica --- da editora ocultista Pensamento --- diga que um nosso irmão russo, de nome Nicktowysk, compulsando esses documentos da antiguidade, neles encontrou a permanência deJesus, durante anos, no convento do Tibete, sendo ali conhecido com o nome de profeta Issa. Só que ninguém sabe quem é Nicktowysk e tais documentos nunca foram exibidos, o que leva à conclusão de que se trata de mais uma farsa. Mais uma!
Acrescente-se, porém, que, para o Islã --- a religião fundada por Mohammed ibn Abdallah (Maomé), no século VI da era atual ---- Adão foi o primeiro profeta e Jesus, um dos profetas mais perfeitos. Daí a origem desse título, que nada tem a ver com o Tibete e nem com uma eventual e fantástica maçonaria dos essênios.

8. Os Reis Magos também eram maçons.
Comentário:
SEM COMENTÁRIOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Do livro, em preparo, Manias e Crendices, em nome da Maçonaria.

45 comentários:

Nathy disse...

auhauhuah
esse texto é perfeito, é muito bom mesmo, quem inventou tamanha mentira, nem se preocupou em pesquisar auhauah obrigada por escalrecer isso

Matheus Silva disse...

Jesus não era maçon.Eu afirmo por que em nenhuma parte da biblia diz isto,além do mais muitos escondem mas Jesus é realmente o Arcanjo Miguel,vamos ver uma lógica:
Jesus é:
unigênito: único feito por Deus
Primogênito: Primeiro filho da criação
Aí vai a pergunta: Quem foi o primeiro a ser feito que em Gênise Deus conversa? Na Biblia Jesus diz:
Ninguém vai ao céu se aquele que vier do céu não ir nele...quer dizer isso o que?
Leiam a Biblia pelo amor de Deus, e depois diz se Jesus é Maçon
Mas lembre-se que o pai da mentira é Satanás o anjo que caíu aqui na terra onde governa Este mundo, graças a Deus qe é só este......

Pensador Ocioso disse...

Caro Matheus,
Para criticar algo você, pelo menos, deveria saber o que realmente este algo é. Eu leio a Bíblia, o autor do artigo também lia, mas você simplesmente não leu o artigo até o fim. Talvez tenha se restringido a ler título e dele deduziu que o autor afirma que Jesus era Maçom. Sugiro que você volte lá e releia. Ou então, volte à escola e aprenda a ler.

Anônimo disse...

sem comentarios eu nunca vi tanta babozeira escrita num lugar só esse povo tem que se converte aos caminhos de Jesus se não vão tudo morar com satanás no fogo do inferno.corra que ainda à tempo.

Anônimo disse...

Que ridículo, como pode publicar uma coisa como esta?

Rivanildo disse...

Prezados Irmãos, o texto "Jesus:Maçom?" realmente é bastante polemico ( assim eu vejo )Jesus é filho de Deus e Deus tambem, Jesus veio ensinarr então ñ acredito q ele seja ou tenha sido Maçom.
mas o melhor é nós filhos desta grande Luz ter a conciencia q ñ sabemos de tudo e respeitar as opinioes e pensametos de nossos irmãos.
AMAI AO PROXIMO COMO A TI MESMO E DEUS SOBRE TODAS AS COISAS.

Amaury disse...

Seria muito bom que o leitor antes de comentar, se desse ao trabalho de ler o artigo até o final, para não ficar dizendo bobagens.

Anônimo disse...

"ATENÇÃO"
É INTERESANTE LEMBRAMOSDE UMA COISA JESUS DISSE:"SEJAIS SANTO COMO EU SOU SANTO",MEU NOS SOMOS SEGUIDORES DE CRISTO,COMO VC PODE TIRAR CONCLUSOES PRECIPITADAS???!!!!ASSIM????MEU,PRESTE BASTANTE ATENÇÃO,PARA DE QUERER SER O SERTINHO,PARA DE DIZER QUE V É SALVO ONDE ESTA A SUA CANDEIA,PELO QUE NOS MOSTROU AQUI, ELA ESTA SUPER APAGADA......
MEUS CAROS AMIGOS E FUTURAMENTE IIR.´. GOSTARIA QUE EM NOME DE TODOS OS EVANGELICOS,CRISTÃOS,E ETC... VINHESEM NOS PERDOAR PELA FALTA DE CAPACIDADE E INSUFICIENCIA MENTAL DE NOSSO IRMÃO,MESMO QUE DE MANEIRA ERRONIA VEIO JULGAR ALGO SEM ALMENOS TE-LO EXAMINADO,PESSO-LHES HUMINDEMENTE DESCULPAS PELO DESCONFORTO DE ALGUMAS PALAVRAS QUE VIERAM DE UM CRISTÃO LEIGAMENTE PRATICANTE.FICO GRATO PELA COMPREESÃO DE TODOS.PERDÃO?!!!
Meu nome é Wesley e sou Cristão e pretendo me integrar a Ordem Demolay em poucos meses.

William disse...

Acredito que Jesus pode ter sido maço sim, por que nao?. Por que os os quatro evangelios nao falam nada de Jesus dos 13 aos 30 anos? É obvio que Jesus possuia um Q.I. elevado. Como que um menino de 12 anos discutiria com os doutores. E discutiam o que? Aos 12 anos ele ja teria lido dos os livros sagrados de entao. Como os religiosos daquela epoca nao podiam dar respostas ao uma mente super desenvolvida ele foi buscar respostas em outras fontes. (...) Que sabe Ele aprendeu algum tipo de meditacao com os iogues e alcancou a completa iluminacao.
Por que os ensinamentos de Jesus foram tao diferentes dos de Moises e tao parecidos com os de Buda. Acredito que todos os Mestres Iluminados como Jesus, Maomé, os varios Budas, etc, pregaram as mesma verdade. É de admirar quao grande são as semelhancas e tao pequenas as diferencas. Todos resumem em DEUS É AMOR E AMEMOS UNS AOS OUTROS.

aNJO_sERRA disse...

os caras sao muito louco, o texto eh apenas uma ironia, babilonia ja tinha caido seculos antes de cristo, jesus nao nasceu em dezembro, hahahaha

mto bom o testo mesmo.. =)

Anônimo disse...

Bom, vou fazer um leve comentário, a respeito da "bricadeira" que vocês estão fazendo com o nome e título do Salvador do Mundo.
Pra começar, isso é uma das maiores aberrações que já ouví nos últimos 30 anos de minha vida. Vocês estão brincando com coisa muito séria; estão invertendo a ordem das coisas; "confundem" título com nome próprio.
Vocês usam o nome de Jesus Cristo como título, para não assumir a autoridade maior que somente a Ele pertence. Vocês dizem que Ele foi maçon, quando na verdade, essa irmandade - Masônica - nem se quer existia, quando Jesus tinha a idade de 33 e muito menos 12. Mesmo, por que, não existem e nunca existiram documentos comprobatórios que relatam esse fato tão aberrativo.
A verdade é que, já não bastava a literatura de Dan Brown, com a conspiração dos Iluminatis - onde uma compilação de documentos ocultos que revelaria a "verdadeira" história de Jesus Cristo com Maria Madalena; confirmando uma união marital. Agora vem vocês com essa estória barata e capciosa que Jesus é Mason.
Nós bem sabemos, que o nome de Jesus Crito é execrado nessa irmandade. Agora, é claro, não às claras.
Só uma pergunta bem "idiota": Será que na hierárquia masônica - de 33 gráu - é aceitável falar o termo "em nome de Jesus Cristo"?
Sejam vocês mesmos e assumem suas identidades, e não maculam a do cristianismo.

valter disse...

Vocês dizerem que Jesus era Mason. É a mesma coisa que os Illuminatis terem falado que Jesus e Maria Madalena constituiram uma união marital. Alias, a Masonaria é uma ramificação dos Illuminatis; assim, como, O Priorado de Sião - fundado por um rei francês Godofredo de Bouillon (1099 dc) - , que posteriormente essa mesma ordem, fundou uma outra militar chamada de Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão; mais conhecida como os Cavaleiros Templários.
A ordem Illuminati, é a ordem mais antiga que existe, entre as demais mencionadas.
Há uma premissa paradoxal dentro do contexto masônico em relação a Jesus. _Há em certa graduação masônico, que não se pode usar o termo "em nome de Jesus Crito".
A verdade é que trocam nome por título e título por nome, para não aceitar a verdadeira autoridade máxima de Jesus Cristo. Agora, se Jesus era masônico, por que execra-lo?
Não existe nenhum manuscrito até o momento, que relata a vida de Jesus integralmente, e sim, bíblicamente, por passagens.
Vocês dizem que Jesus nasceu em 23 de Dezembro. Isso não tem mínimo fundamento. Aliás, nada do que foi escrito tem fundamento - pura aberração - , e sim FANTASIA.
Não adianta fazer nada para ocultar, omitir, negar ou execrar o nome todo poderoso JESUS CRISTO Ele está sobre todo o nome; Ele está sobre tudo e todos...amém.
Valtemir

valter disse...

Pô, vocês estão me bloqueando por que? Isso é sensura. Já é a segunda vez, que isso acontece.
Se continuar assim, vou cancelar minha conta dessa ...
Vocês estão privado-me, do direito constitucional.
Não estou sendo irresponsavel com as palavras, apenas estou expressando o meu intelecto e sendo contraditório. Não posso? Ou vocês são masônicos, tambem?
Valtemir

Pensador disse...

Sr. Valtermir,

Vou me abster de criticá-lo da forma mais simples, que seria pela falta de consistência lógica, exatidão histórica, correção ortográfica e gramatical. Como o Sr. pode perceber, eu também não estou censurando-o, pois todos os seus comentários foram publicados. Como autor do blog, não tenho obrigação nenhuma de publicar aqui o que não desejo. Assim, caso o Sr. deseje cancelar sua conta e o faça, esteja certo de que não derramarei minhas lágrimas. Mesmo porque o Sr. não tem nenhuma conta aqui.

Só lhe peço uma única coisa: PELO AMOR DE DEUS! , antes de emitir qualquer outro comentário sobre o artigo “Jesus: Maçom?”, leia-o na íntegra! O Sr. ainda não fez isto ou, se o fez, não entendeu nada.

Como tenho quase certeza que você irá vociferar antes de fazer o que recomendei, vou esclarecer de uma vez por todas a polêmica causada por preguiçosos que não leram o texto. O autor, José Castellani, foi Maçom e, no texto, desmistifica uma bobagem dita por outros Maçons. Em essência, o que ele afirma é exatamente que: Jesus Não Foi Maçom. Quem não conseguir depreender do artigo esta informação deve voltar às aulas de português, em particular de interpretação de textos.

Atenciosamente,

Pensador (o autor do blog).

rcoutomotta disse...

O texto "Jesus...Maçônico", prefiro interpretar como uma pequena fábula (dentro da grande fábula), porém, a explicação histórica de tal despropósito, também vem a calhar, para os desavisados e usuários de ante-olhos de plantão. O que mais me assusta, é o tanto de erros gramaticais das pessoas que postam seus comentários.

Anônimo disse...

Li o artigo e compreendo que não seria possível Jesus ser maçom; Não um maçom como os que nós conhecemos hoje (Iniciado em uma loja). Porém, podemos observar claramente em seus ensinamentos o amor pelo próximo e a Deus (Caracterizando uma reforma íntima espiritual, ou seja, desbastando a Pedra Bruta); Ser maçom é isso! Não importa que nome se dê. Desde o mais humilde até o mais pujante; Não importa a crença; Não importa se foi devidamente iniciado em uma loja ou mesmo se atingiu os graus impostos por homens que também falham.
Prestem muita atenção meus irmãos: "O grande segredo está na reforma íntima e podeis chamá-la do que bem entender (Maçonaria, Rosacruz, etc.) contanto que a entenda durante todo o processo"


Muito obrigado pela atenção.
Um S:.F:.A:. a todos.

T:. M:. O:. J:.

Anônimo disse...

Shallon Adonay... A Paz do Senhor!!!
Olha... eu gostei muito do texto, é esclarecedor!!! eu leio a Palavra todos os dias e posso afirmar q Jusus não era maçom... pois os judeus tinham o custume de sacrificar constantemente a DEUS e Jesus não deixaria de sacrificar para ir pro tibete ou qualquer outro lugar!!! Deus deu uma ordem q o seu povo não se misturace com os povos pagãos... e Cristo obedecia a Lei, pois está escrito que Ele foi o único q não pecou!!!

Eu seu q sou um pecador mas algumas das pessoas q deixaram recados acima não conhecem a verdade "e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"jo 8.32
Paulo diz q todo aquele q pratica emulações, e contendas é carnal.. então respeitem o texto acima q quem não gostou vai estudar a biblia e tentar desmintir, q vai ser algo difícil....
e sobre respeitar os maçons.... eu não respeito, pois neles não habitam a verdade e Cristo não está com eles...
Cristo disse: Quem comigo não se ajunta, se espalha!!!!
e apropósito... Cristo não é o Miguel....
No livro de Daniel 10.13b nos fala que Miguel é um dos primeiros...
Mas todos sabemos que Cristo é o Princípio da criação de DEUS, porque está escrito: "porque Dele, e por Ele e para Ele foram feitas todas as coisas".

Beto disse...

meu colega, isso sim pode ter sido verdade. Porque nada conta a história de Jesus de 13 a 30 anos. vocês não acham que a igreja pode muito bem ter escondido o resto da história por causa do preconceito besta contra a maçonaria, sendo que a mesma busca pela ajuda a pessoas necessitadas e causas nobres?

quem sabe isto eh verdade?

o próprio papa João Paulo II foi maçonico.

Ahhh... E antes de falar que a maçônaria é coisa do satanas ou coisa do tipo, preocurem saber direito e acima de tudo, se não está lá dentro pra falar auguma coisa não tire conclusões precipitadas!

preocurem um pouco,

Maria Augusta disse...

Os órgãos que medem a capacidade de interpretação leitora do brasileiro estão certíssimos quando divulgam índices vergonhosos a esse respeito. Percebi que a maioria dos comentários foram postados por pessoas semi alfabetizadas e com pouca capacidade interpretativa. Se não for isso, pelo amor de Deus, leiam o texto inteiro antes de escreverem asneiras, ou melhor: voltem a frequentar os bancos da sala de aula. URGENTE!!

Anônimo disse...

Jesus: Maçom?
Sou leitor da bíblia, fiz e faço cursos bíblicos, sou evangélico, pois leio e interpreto os evangelhos todos os dias, leio sobre organizações secretas, respeito todas as opiniões desde que a expressa com conhecimento. Sobre o texto inicial, realmente foi escrito por curioso sem conhecimento bíblico e de sociedades secretas. Os comentários do Castelani foi de uma maravilhosa explicação de quem conhece a bíblia e a maçonaria. Quanto aos comentários dos leitores só tenho a parabenizá-los os que entenderam a sabia explicação. Aos que não conseguiram entender, ou não tiveram discernimento para tal, infelizmente terão que se contentar com sua ignorância, não tendo condições de levantar templos a virtude e cavar masmorra aos vícios.
Parabéns ao responsável pelo blog em abordar este assunto que é tão polêmico.
Waldemar.

Anônimo disse...

em nenhum lugar na biblia jesus afirmar ser de algum ser de algum segmento muito menos maçon e muito menos o arcanjo miguel como disse nosso amigo testemunha de jeová. mas a respeito de jesus muitos dizem:
a)Ele foi o maior medium um espirito evoluido(espiritas).
b)afirman que jesus é um ser criado e antes de vir ao mundo era o arcanjo miguel(testemunhas de jeova)
c)afirman que jesus foi um grande mestre tendo passado alguns anos de sua vida dos 13 aos 29 anos no monasterio budista no tibete e na india(budistas)
d)jesus nao é o filho de Deus nao foi gerado pelo o espirito santo.foi um espirito preexistente e irmao de lucifer.dizem que jesus foi ate casado e poligamo(mormonismo)
e)jesus nada mais era do um
mensageiro de Deus e Ele nao é divino um profeta menor que maomé(islamismo).
refutaçao: porém ainda existe muitas mais afirmaçoes sobre jesus mas a verdade é que:
a)jesus nao é medium.
b)nem miguel e nem foi criado.
c)jesus nao foi um mestre budista.
d)nao foi irmao de lucifer e nem poligamo.
e)e nem um profeta menor que maomé.
f)e nem maçon.
todas essas afirmaçoes sao heresias e querem contradizer o quer realmente jesus foi e continua sendo.
a)Ele é Deus.(Isaias 9.6;joao 1.1)
isso resume em tudo pois a historia as seitas religiosas nao querem aceitar que jesus é realmente Deus e é o alfa e o omega o principio e o fim.(ap 1.8)
jesus é tudo e o homen um dia vai ter que prestar contas daquilo que faz e daquilo que pensa pois jesus morreu na cruz foi para que todos os homens alcançasse a salvaçao por intermedio de seu sacrificio, e nao para ficar dizendo e pensando coisas fora da interpretaçao correta da biblia se preparem pois vcs vao ter que prestaar contas com jesus de tudo que pensam e que falam e de suas obras tambem . em nenhum lugar na biblia jesus afirmar ser de algum ser de algum segmento muito menos maçon e muito menos o arcanjo miguel como disse nosso amigo testemunha de jeová. mas a respeito de jesus muitos dizem:
a)Ele foi o maior medium um espirito evoluido(espiritas).
b)afirman que jesus é um ser criado e antes de vir ao mundo era o arcanjo miguel(testemunhas de jeova)
c)afirman que jesus foi um grande mestre tendo passado alguns anos de sua vida dos 13 aos 29 anos no monasterio budista no tibete e na india(budistas)
d)jesus nao é o filho de Deus nao foi gerado pelo o espirito santo.foi um espirito preexistente e irmao de lucifer.dizem que jesus foi ate casado e poligamo(mormonismo)
e)jesus nada mais era do um
mensageiro de Deus e Ele nao é divino um profeta menor que maomé(islamismo).
refutaçao: porém ainda existe muitas mais afirmaçoes sobre jesus mas a verdade é que:
a)jesus nao é medium.
b)nem miguel e nem foi criado.
c)jesus nao foi um mestre budista.
d)nao foi irmao de lucifer e nem poligamo.
e)e nem um profeta menor que maomé.
f)e nem maçon.
todas essas afirmaçoes sao heresias e querem contradizer o quer realmente jesus foi e continua sendo.
a)Ele é Deus.(Isaias 9.6;joao 1.1)
isso resume em tudo pois a historia as seitas religiosas nao querem aceitar que jesus é realmente Deus e é o alfa e o omega o principio e o fim.(ap 1.8)
jesus é tudo e o homen um dia vai ter que prestar contas daquilo que faz e daquilo que pensa pois jesus morreu na cruz foi para que todos os homens alcançasse a salvaçao por intermedio de seu sacrificio, e nao para ficar dizendo e pensando coisas fora da interpretaçao correta da biblia se preparem pois vcs vao ter que prestaar contas com jesus de tudo que pensam e que falam e de suas obras tambem .

Anônimo disse...

Muitíssimo inteligente o autor. Parabéns!

Anônimo disse...

GAMA (Grupo Anti-Maçons):

JESUS não passou de um homem comum abençoado por DEUS com poderes superiores e com TODAS necessidades carnais as quais somente DEUS e os que viveram com ele podem confirmar, e que até agora não apertaram o "PTT" do rádio para falar sequer um "A" para nós, será iria surgir a palavra "maçom"???
O mais bonito é que sabemos de cada atrocidade de VÁRIOS DELEGADOS da Policia Civil de SÂO PAULO Maçons, principalmente no que se trata ao 3º Mandamento da Maçonaria "NÃO TE UTILIZARÁS DE TUA CONDIÇÃO DE MAÇON PARA USUFRUIRES VANTAGENS COMERCIAIS OU POLÍTICAS." Essa maçonaria é uma vergonha e deverá ser EXTINTA pela RAÍZ COMO TODO MAL DEVE SER EXTINTO. Sabemos que existem as exceções, mas a LEI de DEUS O CRIADOR DO UNIVERSO É CLARA: "Os bons pagarão pelos maus", Infelizmente, QUE ASSIM SEJA !!! ...

Eterno.Aprendiz disse...

Ao Anônimo Acima

Belo conjunto de asneiras você escreveu! Desconexas, agressivas, preconceituosas e sem sentido ou base na realidade. Excelente demonstração de ignorância e intolerância.

Você pelo menos se deu ao trabalho de ler o texto? Tenho certeza que não!

Não permitirei que este blog se torne palco para manifestações agressivas de religiosos antimaçons ou de maçons anti-religiosos. Já houve isto demais na história, sem que houvesse qualquer justificativa lógica plausível. Portanto, se pretende acompanhar os artigos do blog, nem perca o seu tempo tentando publicar outro comentário de mesmo teor, pois eu o vetarei e ele simplesmente será apagado.

Quanto a falar de crimes possivelmente cometidos por pessoas que possivelmente são maçons, uma coisa é certa. Se crimes houve durante toda a história da humanidade, uma enorme parcela deles ocorreu e continuam ocorrendo em nome da Fé, “em nome dos deuses”, incitados por fanáticos religiosos de facções (inclusive e principalmente as ocidentais) que continuam completamente ativas no momento atual. Acusar a maçonaria é uma forma de tirar o foco de verdadeiros criminosos morais, sociais, doutrinários e comuns.

Por favor, pegue seu GAMA (Grupo Anti-Maçons) e vá procurar o mal. Não é necessário ir muito longe, vá até o espelho mais próximo, olhe para ele e você verá a face do mal.

Que assim seja!

Anônimo disse...

Caros frater's, não podemos exigir nada de quem não tem a oferecer infelizmente eles estão vendados pela teoria da libertação.

Paz profunda caros soror's e frate"s.

Eterno.Aprendiz disse...

Sábias palavras. Só o tempo, muuuiito tempo, trará a iluminação. Enquanto isto, tolerância e mais tolerância...

Jose Ramiro disse...

O que eu acho, é que existem IIrs.'., que tem que estudar muito para ser maçons, e existem pessoas Prof.'. fora da maçonaria que são maçons puros, nesse caso se coloca Jesus.
Cordialmente

Anônimo disse...

Pobre seres humanos somos nós, tão desligados da verdadeira luz e da essencia divina, não desejo ser o arauto da verdade, mas a igreja que Jesus veio construir para o homem está dentro de cada um, é a trindade configurada no homem. Nós fomos feito a sua imagem para que "Ele" mesmo habita-se. O resto é "ego", falencia ética, hipocrisia, ignorancia e desejo de poder. Assim, “Com ou sem religião teremos sempre boas pessoas fazendo coisas boas e más pessoas fazendo coisas más. Mas para termos boas pessoas fazendo coisas más, para isso é preciso uma religião”.

Anônimo disse...

CARO AMIGO, SO PODEMOS FALAR DAQUILO QUE CONHECEMOS... VC DEVE MESMO CONHECER... A ESSE JESUS MAÇOM, NÃO SEI QUE PARTE DA BIBLIA VC CONSEGUI VISUALIZAR ESSA ESTORIA MAS, UMA COISA TE FALO O JESUS QUE EU CONHECO VEIO EM FORMA DE HOMEM FICOU COM OS PECADORES,OPEROU MILAGRES E PRODIGIOS HOUVE GRANDE LIBERTAÇAÕ PARA AQUELES QUE O PROCURAVA E SE NÃO BASTASSE FOI TRAIDO HUMILHADO POR PESSOAS QUE COMO O SR. QUE NÃO RECONHECIA O SEU PODER, MAS PARA NOSSA ALEGRIA MESMO DEPOIS DE MORTO ELE VENCEU A MORTE RESSUCITOU AO TERCEIRO DIA, FOI ATE O INFERNO RETIRAR DAS MÃO DO DIABO A CHAVE DA MORTE, E HOJE ELE ESTA ASENTADO A DIREITA DO PAI, A ESPERA DE UMA IGREJA LAVADA E REMIDA NO SEU SANGUE, MAS PESSO DESCULPA TALVEZ VC NÃO CONHECA ESSE JESUS QUE EU ESTOU FALANDO
A SALVAÇÃO VEM ATRAVEZ DESSE JESUS, QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE VC...

Eterno.Aprendiz disse...

Pelo Amor de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo

Antes de escrever qualquer asneira pregatória, decorada e mal grafada, Faça-me o favor de ler o Texto.

Você é prequiçoso e palpiteiro. Escreveu sobre algo que não leu!

Anônimo disse...

caros amigos,eu sou uma pessoa simples,e de origens mais simples ainda,li o artigo " jesus, maçon ?"
o que posso diser é que, toda historia tem duas verções,nunca podemos ficar com uma unica verção de historia alguma.
fiquei muito satisfeito com a explicação dada pelo colega e percebi tamanha bagagem de conhecimento que este cidadão tem,eu realmente fico com inveja,se servir de conforto não se incomode com pessoas sem conhecimento,são latas vasias e latas vasias só fasem barulhos,o conhecimento é a unica coisa que ninguém pode tomar de nós,ñ sou maçon, mas um simpatisante, eclético,tenho meditado sobre a existencia do homem,mais especificamente a nessecidade do homem em crer em algo,historicamente o homem sempre creu em algo.
tenho meditado sobre,vida apos a morte,sobrenatural, mundo paralelo....etc.
mas me veio a mente que a verdade pode ser exatamente a que o homem se nega a aceitar, o fato que simplesmente deixamos de existir e que não ha um além.se isso for verdade,poem por terra qualquer teoria a respeito de religião ou crença,tenho por estes dias me ocupado em conhecer mais da maçonaria,lendo livros, escrito por maçons é claro,se vc puder me indicar algum eu agradeço,tenho pretençao de procurar uma loja para mais esclarecimento, mas so farei depois de ter plena convicçao.gotaria de ler um comentario seu sobreo o assnto acima," é pocivel que o homem possa simplesmente deixar de existir ? " grato pela atençao !

daniel lima
dlimacontraregra@hotmail.com

Eterno.Aprendiz disse...

Ao Daniel Lima

Muito obrigado por seu comentário. Ele demonstra que não é necessário erudição ou saber grafar corretamente as palavras para conseguir pensar de maneira lúcida, correta, esclarecedora e produtiva. Parabéns.

Como vemos em vários comentários acima postados, o problema com o a artigo “Jesus, Maçom?” é que as pessoas não o leram atentamente antes de emitirem suas opiniões, que foram pautadas exclusivamente no título.

Discordo de você sobre o número de versões da história. Se realmente for história, tem apenas uma versão. O problema é chegar até ela a partir de relatos tendenciosos ou parciais dos fatos.

Gostei bastante do “latas vazias só fazem barulho”. Esteja certo de que usarei em algumas circunstâncias.

Sua frase “o conhecimento é a única coisa que ninguém pode tomar de nós”, é brilhante. Por coincidência, vivo repetindo para meus filhos, que são ótimos estudantes, que o conhecimento é inalienável, é claro que sem considerar as hipóteses brutais da lavagem cerebral ou das intervenções cirúrgicas.

Suas dúvidas sobre os sistemas de crenças, sobre a existência ancestral delas e sobre o que é verdadeiro ou falso são muito pertinentes. Na prática elas são a motivação de grande parte das ciências. Tendo em vista seu prazer em angariar informações sobre esses temas, prefiro não lhe sugerir um livro sobre maçonaria. Acho que você gostará muito mais de ler o livro “O Mundo Assombrado Pelos Demônios”, escrito pelo famoso astrônomo Carl Sagan e que pode ser encontrado em qualquer boa livraria.

Conhecer a maçonaria apenas lendo livros escritos por maçons ou por não maçons é uma tarefa bastante árdua e dificilmente exeqüível.

Quando à sua pergunta final: “é possível que o homem possa simplesmente deixar de existir?" – penso que, mesmo no ambiente científico, teremos conviver com esta dúvida para sempre, ou melhor, enquanto estivermos vivos. Pode parecer simplificadora a minha resposta, mas não é. O conhecimento (não as crenças) se constrói levantando hipóteses e testando-as para comprova-las ou refutá-las. Hipóteses como a da Vida Eterna ou da Reencarnação não são passíveis de teste, portanto vai ser muito difícil decidir o que é o certo. Mas, em última instância, se lhe servir de conforto, a minha opinião extrema sobre o assunto é que ao morrer, o homem se decompõe, se transforma em átomos e moléculas que se dispersam e reintegram ao Cosmo. Assim sendo, mesmo que sem a preservação da individualidade, independente de versões religiosas, somos e seremos eternos enquanto o Universo existir.

Um Grande Abraço

do Eterno Aprendiz.

Anônimo disse...

OBRIGADO CARO COLEGA,SUA EXPLICAÇÃO ME TRAS "A LUZ QUE EU PROCURO" VEJO A VERDADE EM CADA PALAVRA SUA,LEREI O LIVRO RECOMENDADO COM MUITA FOME DO SABER,SUAS PALAVRAS ME FISERAM UM BEM INESTIMAVEL,ME LEVAM PARA OUTRA DIREÇÃO, A DA RAZÃO,CONTINUE COM SEU TRABALHO,VEJO VOCÊ COMO AQUELE TRABALHADOR QUE SE OCUPAVA EM ILUMINAR OS POSTES PUBLICOS,ELE ANDAVA COM UMA VARA E NA PONTA DELA UMA TOCHA, ELE IA DE POSTE EM POSTE ACENDENDO E ILUMINANDO AS RUAS ESCURAS,NÃO ME LEMBRO BEM AO SERTO DO NOME DESTA PROFISSÃO EXTINTA MAS NEM TANTO.EU SOU UM POSTE (rsrsrsrs). daniel lima

Anônimo disse...

caro colega,eu aqui novamente,estou com dificuldades de encontrar o livro recomendado,mas não desanimarei.
o assunto que quero compartilhar é outro.
semana passada fui a uma loja que fica perto aqui de casa e fui orientado pelo vigia(esperto)que não poderia entra na loja caso não fosse maçom.( óbvio)porém em um site de uma loja de minas gerais a uma esplicação muito profunda sobre o assunto e uma parte do texto diz que o candidato caso não conheça nenhum maçom poderia procurar o mestre da loja (presidente) e informar a minha intensão. isto procede,penço em imprimir o texto e levalo a loja que visitei,mas temo em ser tomado por incoveniente.
mais uma vez pesso sua luz para o assunto.
abraços
DANIEL LIMA

Marcos Valerio disse...

O termo profano muito usado pelas religiões e crenças de modo geral se encaixa perfeitamente nestes comentários irracionais. A irracionalidade tem causado as maiores guerras e desavenças em geral em nosso planeta... Parabéns pela postagem!

Eterno.Aprendiz disse...

Caro Marcos,

Algumas vezes fico me questionando se vale a pena responder a muitos comentários. As pessoas os escrevem a partir do título, que é uma pergunta, como se este fosse uma afirmação. De fato, só irracionais, embora semiletrados, fazem esse tipo de coisa.

Anônimo disse...

caro colega,como tem passado ? espero que bem,tenho lido o livro recomendado "o mundo assombrado pelos demonios "de CARL SAGAN.Fiquei espantado porque eu a muito tempo tenho cultivado em mim as mesmas opinioes,pricipalmente as que dizem respeito sobre pseudociencia e pseudoreligião.muitas vezes me confudi achando que eu era o unico a penssar sobre estes assuntos,fiquei feliz em saber que um cientista tão importante que não é conteporaneo a mim,mas compartilhava das mesmas ideias.não estou sozinho.Minha cabeça tem fervilhado de ideias e reflexões.Me sinto hoje mais iluminado,mais direcionado,agradeço a você pela recomendação,não desanime na sua caminhada,e continue com seu trabalho duro de iluminador.
NÃO SE ESQUEÇA " AS LATAS VASIA SEMPRE FASEM BARULHO " SUA MENTE ESTA CONDICIONADA PARA TRABALHAR em uma obra que pode nunca ter fim mais tenha a sertesa seu tijolo estara la !!! DANIEL LIMA

antonio disse...

jesus não foi maçom, primeiro porque a maçonaria seria criada em 1356 por pedreiros góticos;mas a maçonaria prega aos seus iniciados que sejam justos e que tenham amor ao próximo como jesus pregou e tenham certeza de que os maçons tem mais fé em DEUS de que muitos que os criticam.

Anônimo disse...

Olá!

Vamos esclarescer de uma vez por todas e acredite quem quiser, por que eu não ligo, mas tenho o dever de avisar:

Estudei muitas fontes para chegar a tal conclusão e não ligo se criticarem, pois diferente desta sociedade hipócrita eu não me baseio em fatos cegos e quero que a credibilidade VIP que se dane!

Jesus foi um homem comum que queria igualdade e liberdade.
Tido como uma ameaça pelos Illuminatti e considerado um radical pelos mesmos, comandaram através das religiões para a sua morte. Assim como assassinaram Ghandi (Não foi fanático, é tudo invenção de disfarce de homicídio).
A Igreja por sua vez, mais tarde santificou Jesus, pois o povo o idolatrava pelos seus atos. Como a manipulação já existia desde aquela época e os reis a detinham, era preciso ter as massas e usam até hoje a religião para isso.
Jesus não é santo nem salvador. Só um homem que fez o seu papel decentemente. A propósito, o nome Jesus talvez nem seja o dele, pois tenho outras teorias que provam o contrário.
Algum zé mané vai dizer: Os Illuminatti foram fundados em 1776.
Pois é, é o que querem que você acredite. Não vai me dizer que esses filmes ridículos do Dan Brown te influenciaram!
Esse canalha é outro maçon enrustido e só publica merda!
A verdade vocês não acham na NET.
Mas ligando os pontos de todas as especulações.
A história de que Jesus é o salvador, vem da história de Hórus do Egito e são similares.
O Éden da Bíblia é o Edin da Suméria.
A Bíblia nada mais é do que um livro confuso de tanto que já foi alterado e manipulado.
Aliás é criação das escolas de mistérios.
A maçonaria é uma novata destas.
Elas já existiam desde a Alexandria.
Uma tradução de um texto babilonico do que seriam Deuses se transformou em DEUS.
Ou seja, o certo é DEUSES ou ETS de Merda que querem tomar nosso planeta nos escravisando.
Eles tem híbridos no poder político.
Até voce ou eu que estamos aqui temos uma parcela sanguínea destes seres.
O Homo Sapiens Sapiens é um projeto de escravo que deu certo.
E essa evolução sendo uma ameaça ao domínio ET, já planejaram até a data da nossa destruição.
Algum zé mané vai dizer: Tudo que está na Bíblia está acontecendo!
Pois é, é o que querem que você acredite. No seu "Julgamento".
Que eles vão julgar. ETS
Só que os ETS bons não julgam.
Então quem sobrou? Os Répteis de merda!!
Libertem-se! É tudo ilusão!
Não devem obediência a ninguém!

antonio rogerio disse...

antonio rogerio
como é bom ver um texto tão polemico,aonde as pessoas podem refletir,estudar,aprender ou simplesmente falar um monte de bobagens na qual desconhecem a origem ou sua propia verdade...
a todos um T:.F:.A:.

RCA Luis Fernando Santos disse...

Bom... em total lucidez e realista que sou, resumerei aos comentárista profanos que façam uma restróspctiva das últimas 24 horas que antecederam aos seus comentários: Quando nos colocamos a abrirmos nossos corações e determinamos a sermos um ETERNO APRENDIZ. Já rdtá tátuado em nosso carater a pratica do bem... a estudarmos como pratica-lo de forma abrangente e eficaz, trazendo rápidez nas concluções desta prática. Este blog foi criado para estarmos pregando em PARABÓLAS com JESUS CRISTO sempre o fez. Ele pregava para o povo de sua época e hoje prega da mesma forma e com a total certeza ele pragará no futuro ( antes de sua volta !!! ).
Então concluo a minha expressiva e marcante pergunta: Você que entre em BLOG onde o AUTOR deixa bem claro a sua mensagem ( Não é um documento !!! )e preferi fazer CRITÍCAS sem prestar a devida atenção ao enrêdo. Desferi aquilo que a MAÇONÁRIA abônima, deixando de usar este tempo para pratica do bem !!!
Peço desculpas aos ir.'.... mas este tipo de comentários usados a uma colocação muito bem esplanada, em que o autor é claro.
Posso observar que ele é bastânte conhecedor da historia do MAL e quetambém não há escritura para dar-lhe todo este conhecimento sobre o DIABO !!!
Critícas a uma parabóla usada para engrandecer a pratica do BEM, nunca deve ser apedrejada. Se instrua e cresça literalmente e espiritualmente. Para ser JUSTO e PERFEITO para consigo mesmo !!!

Stella disse...

Caro Eterno Aprendiz,

Gostei muito do seu Blog e do texto "Jesus: Maçom?"!!
Sou evangélica e confesso que não tinha o conhecimento histórico que o texto me proporcionou (saduceus, fariseus, essênios...). Também apreciei o tipo de redação utilizada... muito bom!!
Com relação aos comentários postados... tenho muito a lamentar...!! Muito pertinente a observação da Maria Augusta quando fala da ignorância de muitos leitores...
Sinto-me envergonhada ao ver pessoas que se dizem "Cristãs" (?!?!) agirem dessa forma... Saiba que repudio total e cabalmente cada comentário ofensivo postado por pseudo conhecedores da Bíblia !!! No dizer de nosso caro Daniel Lima: não passam de latas vazias e... "latas vazias só fazem barulho !!"
Também apreciei muito sua atenção e carinho com esse colega...
Por falar nisso, gostei da alegoria do "acendedor de postes" criada por ele. Creio que ele também é um acendedor de postes e não tão somente um poste como ele se auto intitulou!!
Sou-lhe muito grata pelo que me foi oferecido e espero poder contar com mais informações enriquecedoras nesse Blog !!
Parabéns!!

Stella

José Barbosa Louro disse...

J.B. Louro
Parabens por tudo que escreveram neste blog: os sábios pela sabedoria; os ignorantes pela coragem de mostrar sua ignorãncia, dar a cara à tapa.
Jesus não foi Maçom, embora, tudo nele deveria ser as qualidades de um Maçom. Não foi Maçom porque naquele tempo não existia a Maçonaria como a temos hoje. Vários histpriadores citam Jesus como iniciado nos mistérios dos essênios e que sua iniciação durou quarenta dias. Citam José de Arimatéria e José (pái de Jesus)como iniciados nos mistérios essenios. E o nome iniciático foi "Mestre Issa".A maçonaria, como a conhecemos só apareceria no século XVII com dois pastores evangélicos: James Anderson da Igreja Anglicana criada pelo rei inglês e Jean Theóphili Desaguliers da Igreja Presbitertiana, na Inglaterra, que criaou as suas constitruições e ditou maçonaria para o mundo. A Maçonaria foi parto da Igreja, mudando de maçons construtores de edifícios, para maçons construtores de templos às virtudes. Para o ilustre que "desceu o sarrafo" na Ordem Maçônica, eu digo: A criação mais bonita feita pelos homens em todos os tempos foi o Cristianismo; A segunda foi a Maçonaria. A Maçonaria buscou em todas as Ordens Antigas, tudo o que era belo, acrescentando à sabedoria milenar de que ela é detentora. Eu não digo: "Cresça e apareça" meu irmão em Jesus: eu digo: "Estude e apareça"!

José Barbosa Louro disse...

Parabenizo este Blog e seu autor e todos os que tiveram coragem de escrever suas idéias. Sou autor do Livro "Eterno Aprendiz", destinado ao grau de Aprendiz Maçom, e convido vc a conhecer melhor o Jesus histórico e o Cristo da Fé. Eu acho que tem gente que vê o diabo em toda direção que olhar, assim como tem gente que vê um outro deus, mesmo que imperfeito em toda direção que olhe. Tem gente que vê a imagem do mal ao olhar num espelho. Tem gente que está salvo, está no céu, com um rosário de crimes, enquanto critica os outros sem conhecimento. Eu conheci José Castelani e presenciei muitas de suas palestras. Foi um homem sábio, crítico, e que não tinha medo de chamar o pecado pelo próprio nome. Discordava dele, pois, Jesus nunca foi maçom pelo simples fato de não existir maçonaria nessa época. Provas de que ele foi iniciado nos mistérios dos essenios existe, tanto ele como José de Arimatéia, membro destacado do sinédrio de Jerusalém. Sua iniciação durou quatro luas. Ele recebeu o nome de "Mestre Issa" sim. Os essênios tinham um conselho de anciãos que eram de uma elevação espiritual tão grande, que alguns iniciados conseguiam andar sobre as águas.
Faziam viagens astrais e voltavam a assumir o corpo em sua plenitude. Esse povo foi dizimado pelos romanos. Exite suas ruinas às margens do Mar Morto. A Maçonaria surgiu no ano de 1717 na Inglaterra e França simultaneamente. Seus estatutos foram criados por dois partores protestantes: James Anderson da Igreja Anglicana, e Jean Teóphili Desagulliers, da Igreja Presbiteriana. Foi esses dois partores que deram o nome: Grande Arquiteto do Universo para Deus na Maçonaria. Isso é história. Jesus não foi Maçom, mas todo Maçom deve seguir a vida como Jesus foi. Vc já viu um maçom algemado? Tomar a mulher do outro? Que não faça caridade? Que discuta maçonaria com seus inimigos? Dar cheques sem fundos? Mal pagador? Péssimo pai, marido, irmão, patrão? Duas das organizações mais lindas e perfeitas criadas pelo homem no Mundo: 1) O Cristianismo; 2) A Maçonaria. Eu acho que quando a gente critica, deve estudar o que se vai criticar. J. B. LOURO, é escritor, autor de seis livros: Símbolos, Eterno Aprendiz, O Filho do Carpinteiro, A Teologia dos Graus nas Lojas Simbólicas e Filosóficas, Caminhos, e 1717, 1822, 1889 - A Maçonaria e sua Atuação na História do Brasil.

Anônimo disse...

"Faze o que tu queres, será o todo da Lei."
"Amor é a lei, amor sob vontade."

Queres Segredos da Maçonaria?

Então leia o que Fernando Pessoa, um dos maiores poetas da história da língua portuguesa, escreveu sobre o Segredo Maçônico.

Pedras Evoluídas

O Sol nasce e ilumina as pedras evoluídas,
Que cresceram com a força de pedreiros suicidas.
Cavaleiros circulam vigiando as pessoas,
Não importa se são ruins, nem importa se são boas.

Chico Science, cantor pernambucano falecido em 1997. (Uma pedra “evoluída”?)